• Redação Portal Povo

Produtos começam a faltar nas prateleiras de mercados em Londrina

Estabelecimentos estão lotados desde as primeiras horas da manhã.


Os produtos básicos começaram a sumir das prateleiras dos maiores supermercados de Londrina. Itens como papel higiênico, álcool gel, desinfetantes e congelados estão sendo comprados rapidamente por consumidores que tem medo da pandemia de coronavírus e estão fazendo estoque de alimentos em casa.

Mesmo com o trabalho de reposição, os produtos somem com velocidade das gôndolas. Em um supermercado na Zona Sul de Londrina, as prateleiras já estavam vazias nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira.

Consumidores também tem comprado grandes quantidades de alimentos, caixas de óleo fechadas, sacos de papel higiênico e dezenas de frascos de álcool gel. Quem tem mais condições financeiras, chega a encher até três carrinhos com os produtos.



Apesar da situação, os mercados ainda não reportaram a falta de produtos, mas estão evitando reabastecer as prateleiras com grandes quantidades, para que todos possam

adquiri-los conforme a necessidade.



FISCALIZAÇÃO


O Procon de Londrina também intensificou a fiscalização sobre aumentos abusivos dos insumos básicos. Alguns lugares chegam a estipular preços de R$ 30 para um frasco de álcool gel com 600 ml. Estabelecimentos também aumentaram os preços para o papel higiênico e para produtos de higiene pessoal, como sabonetes líquidos e detergentes.


O objetivo da fiscalização é identificar a prática abusiva e multar estabelecimentos que tenham aumentado o preço acima do norma. Fonte: