• Redação Portal Povo

Prioridade na discussão de ações de interesse da população brasileira.

Prioridade de Parlamentares no debate de cunho pessoal e ideológico, em detrimento da discussão de ações de interesse da população brasileira. Anúncio da apresentação de requerimento para criação de CPI destinada à investigação dos grandes devedores da Previdência Social.


Na minha ignorância, na minha insignificância, na minha pequenez, nobres Deputados, vejo aqui hoje, quinta-feira, praticamente às 18 horas, Deputado Alexandre Frota, gritar num deserto. Somos 513 Deputados e Deputadas, e coincidentemente, hoje, o povo brasileiro pagou o nosso salário. Já está na conta: 33.700 reais. Nós falamos, falamos. Aqui, nós temos a oportunidade de falar para o povo brasileiro, mas a maioria dos Deputados não está aqui. Infelizmente, a câmera não pode dar aquela girandola, não pode dar aquele corrupio, para não mostrar o plenário vazio - até rimou! Pois bem, o que eu venho falar aqui, hoje, nobres poucos Deputados que aqui estão, é que eu venho de uma cidade do Paraná, a segunda maior cidade do Estado, com quase 600 mil habitantes. Na semana passada, eu queria falar, mas infelizmente não consegui - parece que há um urubu enterrado nesses painéis! Nós chegamos às 7 horas da manhã, tacamos o dedão lá, queremos falar, estamos em 10º lugar, mas, quando chegamos aqui, esfregando as mãos para falar, Deputado Alexandre Frota, vemos que estamos em 85º, lá atrás na fila, parecendo o Rubinho Barrichello, retardatário. Pois bem, na semana passada, eu queria falar do projeto sobre a tortura, e não tive oportunidade. Aqui parece... Parece, não; é o que estou vendo. Na minha ótica, na minha visão, há uma disputa de partido, porque e o PT do outro lado, e o pessoal do Bolsonaro para cá. Eu até tenho dificuldade... Esses dias eu ia falar, e me alertaram: "Boca Aberta do céu, não fala do lado de lá, que é esquerda; do lado de cá é direita" e papapá, cocoré, bico de pato, escambau e sapato de borracha. Eu falei: espera lá, eu só quero falar! Aí, é um brigueiro desgraçado, porque a Gleisi Hoffmann é aquilo, porque o Lula não sei o quê, está preso, porque o Bolsonaro é isso, porque o filho do Bolsonaro é miliciano, porque isso. Chega, gente! Pelo amor do padre! É de cair o cabelo do careca! O povo não quer isso! O povo nos elegeu para defender a população, e nós vemos uma disputa de partido. Chega, basta! Vamos deixar as mágoas, as rusgas, a picuinha, o ódio para lá. Aí nós vemos o sujo falando do mal lavado, o mal lavado falando do sujismundo, o sujismundo falando do encardido e assim por diante. Então, eu venho aqui hoje falar um pouquinho, rapidamente, da reforma da Previdência, dos 500 maiores devedores da Previdência, bandidos travestidos de empresários: a JBS deve 2 bilhões e 300 milhões; o Banco Bradesco, quinhentos e poucos milhões; o Banco Itaú, quinhentos e poucos milhões; a Diplomata, que foi do Deputado Alfredo Kaefer, do Paraná, o excomungado, mais de 637 milhões; a Companhia de Saneamento do Pará, 434 milhões. E vamos esticando o chiclete: o Jornal do Brasil, 277 milhões; o Município de Manaus - tem Deputado de Manaus, aqui, evidente, lógico que sim -, 289 milhões. Vamos cobrar a Prefeitura lá. Até o Banco do Brasil, do Governo, está devendo também, Sr. Alexandre Frota, cento e poucos milhões de reais. Então, vou protocolar, na segunda-feira, o requerimento de realização de CPI para investigar os maiores devedores da Previdência do Brasil, porque no do povo é refresco. Beijo no coração! Que Deus, nosso Pai celestial, o Pai das luzes, derrame copiosas chuvas de bênçãos sobre todos vocês. A paz de Deus. (Palmas.)