• Redação Portal Povo

Obras deixam a prefeitura de Londrina endividada em quase R$ 100 milhões

Maioria das obras que estão sendo executadas são financiadas e deixarão a prefeitura endividada em quase R$ 100 milhões São obras espalhadas por todo lado. Mas como tudo isso será pago? Se a sua resposta é através do IPTU, você vai se surpreender! Apenas 1% do montante arrecadado através do imposto está sendo utilizado para esse fim. Confira o gráfico abaixo:

O município possui uma despesa de R$182 milhões em obras em andamento e R$ 94.434.888,39 ou seja 52% deste valor é financiado.

Confira nas tabelas abaixo quais obras foram financiadas:

Fonte de Recursos: PROTRANSPORTE

Fonte de Recursos: Caixa Econômica Federal

Fonte de Recursos: Paraná Cidade

Fonte de Recursos: Ministério do Desenvolvimento Regional


Fonte de Recursos: Ministério das Cidades

O IPTU representa 23% da arrecadação. Antes do aumento concedido pelo prefeito Marcelo Belinati (PP) eram arrecadados R$ 172 milhões. Após o aumento, a receita subiu para R$ 273 milhões. De janeiro a junho a pandemia gerou um déficit de R$ 130 milhões em impostos não recolhidos. A despesa com pessoal corresponde a R$ 1,358 bilhões ou seja, o equivalente a 54% do orçamento do município. Fonte: O Londrinense