• Redação Portal Povo

Justiça bloqueia quase R$ 20 milhões de Beto Richa



O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) teve quase R$ 20 milhões bloqueados pela JFPR (Justiça Federal do Paraná) nesta quarta-feira (14). Alvo da Lava Jato, o tucano responde a crimes de fraude à licitação, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.


O bloqueio de bens e valores foi um pedido da força-tarefa Lava Jato em Curitiba no âmbito na Operação Piloto. Richa foi acusado no dia 5 de julho em meio às investigações de fraudes da licitação para obras de exploração e duplicação da PR-323, que liga as cidades de Maringá e Francisco Alves, na região noroeste do Paraná.


Defesa de Beto RIcha pede que denúncia da operação Quadro Negro seja rejeitada pela Justiça.

Além do bloqueio de quase R$ 20 milhões, a Justiça Federal indisponibilizou imóveis e veículos. Beto Richa também teve sequestrado parte de um imóvel investigado no suposto esquema de corrupção.


Desencadeada em setembro do ano passado, a Operação Piloto tem sete réus. Entre eles está o irmão de Beto Richa, José Richa Filho (Pepe Richa), e o primo do ex-governador Luiz Abi Antoun. Richa foi preso durante o cumprimento do mandados, mas foi solto três dias depois por decisão do ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal)


Fonte: paranaportal