• Redação Portal Povo

Hora de juntar os cacos no Londrina Esporte Clube

Após cinco dias de uma rotina de muita estrada pela frente, concentração e uma derrota para o Ypiranga-RS pelo placar de 2 a 1, em Erechim, no último domingo (16), a delegação do Tubarão desembarcou em Londrina ontem (17) e retorna aos treinos na manhã de hoje.  




A primeira derrota do LEC na Série C veio após erros individuais que culminaram nos gols da equipe gaúcha, mas para os jogadores e comissão técnica o que de fato ainda atrapalha a evolução do time são a falta de entrosamento e o ritmo de jogo. Vale lembrar que na estreia da equipe, diante do Criciúma, o técnico Alemão ressaltou o tempo de trabalho do adversário, algo que repetiu após o último jogo. 


"Nossa estreia foi boa porque empatamos diante de uma equipe que vem trabalhando junta há muito tempo. Hoje (domingo) não foi diferente. O Ypiranga vem com uma base muito boa desde o campeonato gaúcho. Nós temos jogadores chegando, jogadores estreando e temos que manter uma linha de trabalho para evoluir", frisou Alemão. 


AUTONOMIA 


Ainda com dificuldades para encontrar o tal entrosamento, o técnico alviceleste deixou claro que a escolha dos jogadores que entram em campo passa pela comissão técnica, mas é ele quem dá a palavra final. "A escalação é autonomia minha. É claro que nossa comissão técnica avalia algumas coisas, mas a decisão de quem sai jogando é minha. Os jogadores que entraram em campo são o que a gente tem de melhor hoje. Não adianta mudar o time todo dia, temos que acreditar numa linha de trabalho e buscar a evolução", apontou. Contra o Ypiranga, o volante Marcel foi desfalque de última hora após sofrer uma lesão muscular na véspera do jogo e já é dúvida para a partida contra o Ituano, neste domingo (23), em Itu-SP, pela terceira rodada. 


Recém-chegado ao Tubarão, Caíque Valdívia confirmou tudo o que o técnico disse. Para o atleta, o dia a dia do clube irá trazer o entrosamento necessário para que a evolução aconteça de forma natural na competição. "É difícil você chegar num clube e não conhecer os companheiros. A cada treino e a cada jogo vamos buscar melhorar, nosso grupo é forte, a gente percebe isso no dia a dia, temos que pensar grande, infelizmente não conseguimos vencer nas duas primeiras rodadas, mas vamos lutar até o final", ressaltou. 


ITUANO

Próximo adversário do Londrina, a equipe do interior paulista perdeu de virada para o Volta Redonda-RJ por 3 a 1, no Rio de Janeiro, na tarde de ontem (17), e continua com três pontos na tabela de classificação. Gabriel Barros abriu o placar para o Ituano, mas João Carlos, Pedrinho e Saulo Mineiro viraram para o Voltaço, que assumiu a vice-liderança do grupo B, com 4 pontos. O Ituano jogou com Edson; Pacheco, Léo Rigo, Suéliton e Breno Lopes: Baralhas, Correa (Léo Duarte) e Gabriel Barros (Fillipe Souto); Serrato (Marquinhos), Gabriel Taliari (Luiz Paulo) e Eduardo Lopes (Guilherme).