• Redação Portal Povo

Ex-prefeito de Astorga é preso pelo Gaeco em Curitiba.


O ex-prefeito de Astorga Arquimedes Ziroldo o ‘Bega’ foi preso na manhã desta quinta-feira, 12, durante uma operação deflagrada pelo Ministério Público, Gepatria – Grupo Especializado na Proteção do Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa e Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). Bega foi preso em Curitiba.

“São diversas fraudes cometidas em procedimentos licitatórios no consórcio Cindepar. Envolvendo empresas de fachada constituídas para fraudar contratos com o consórcio”, destacou o promotor de Justiça Lucílio de Held Júnior, do MP de Astorga. Ainda de acordo com o promotor, os mandados foram cumpridos em Astorga, Pitangueiras, Rolândia, Londrina e Curitiba. Verificou-se que as empresas contratadas eram na realidade de propriedade do próprio ex-gestor. Os investigados atuavam criando empresas frias para participarem de licitações, violando o sigilo dos procedimentos, obtendo vantagem para contratar com o poder público, em prejuízo da concorrência e do Município.


Quatros pessoas foram presas na operação, o ex-prefeito, dois de seus filhos que atuaram na organização das atividades ilícitas, e um “testa de ferro”. Os mandados foram expedidos pelo Juízo de Astorga e cumpridos em Astorga, Rolândia, Londrina e Pitangueiras em sete residências, cinco escritórios e no escritório da Cindepar, localizado na Prefeitura de Astorga.


São investigados os crimes de organização criminosa, fraude à licitações, falsidade ideológica, peculato e lavagem de dinheiro. Durante o cumprimento dos mandados, um dos filhos do ex-prefeito destruiu documentos relacionados aos fatos por isso responderá também pelo crime de supressão de documento. Além da prisão e da busca e apreensão, foram determinadas pelo Juízo medidas restritivas de suspensão de renovação e de novas contratações com o poder público, proibição de frequência ao Consórcio, de contatos entre os investigados, além de outras vedações.


Fonte: