• GAZETA NEWS

Em tom de desafio, Boca Aberta questiona deputados sobre auxílio mudança.

Deputado disse que os três representantes de Londrina prometeram doar R$ 22 mil.


O deputado Boca Aberta (PROS) desafiou os outros três deputados que representam Londrina na Câmara Federal a explicar o destino de R$ 33,7 mil destinados ao auxílio mudança dos parlamentares.

Além de Boca Aberta, somente a deputada iniciante Luísa Canziani (PTB) prometeu doar o recurso. Já Diego Garcia (Podemos) e Felipe Barros (PSL) não confirmaram se abririam mão do valor ou não. As declarações foram publicadas em uma reportagem da Folha de Londrina em janeiro deste ano.


DOAÇÃO

Logo que o dinheiro caiu na conta, Boca Aberta contou que o doou integralmente a instituições beneficentes de Londrina e região. O registro do repasse do dinheiro foi feito ao vivo durante o programa do jornalista Rodrigo Marine pela rádio Igapó FM. Tirando os descontos de imposto de renda, R$ 22 mil foram repartidos entre a ONG Viver, ligada ao Hospital do Câncer, Asilo São Vicente de Paula e Associação Defensora dos Animais (ADA).

Entretanto, o deputado federal argumenta que seus colegas não tiveram a mesma iniciativa: “Falar que vai doar é fácil, quero ver cumprir a promessa. Desafio os deputados a falarem sobre o destino do dinheiro, o que fizeram com o recurso recebido a título de auxílio mudança”, disse.


Diego Garcia foi citado pelo Deputado Boca Aberta "Para onde foi o auxílio mudança".


Um dos exemplos citados por Boca Aberta é o deputado Diego Garcia, que recebeu o auxílio mudança duas vezes por direito. Garcia é deputado reeleito e recebeu o valor no final do primeiro mandato, e novamente no início do segundo, totalizando cerca de R$ 45 mil já com os descontos. Segundo Boca Aberta, Diego havia prometido abrir mão dos recursos, mas não o teria feito.

A informação, entretanto, foi negada pela assessoria do deputado, que inicialmente não garantiu que o parlamentar faria a doação do dinheiro, e que o Boca Aberta se enganou ao mencionar que Garcia havia prometido abrir mão do recurso de auxílio mudança.


OUTROS DEPUTADOS

Além da menção de Diego Garcia, Boca Aberta também “desafiou” Luísa Canziani e Felipe Barros a explicar a destinação do dinheiro. Barros, por sua vez, disse que aguardaria a orientação do partido sobre o que deveria ser feito com o recurso: “Se decidirmos pela doação, será feita em conjunto com a bancada”, comentou no início do ano.


Felipe Barros disse que aguardaria a orientação do Partido.


Após sete meses de mandato, entretanto, não foi informado o que foi feito com o dinheiro.

O mesmo argumento foi utilizado para Luísa Canziani, filha do ex-deputado Alex Canziani. Ela sim prometeu doar o auxílio mudança, mas até então, não disse para qual instituição o valor foi destinado.


Canziani: Prometeu doar o valor, mas não se sabe pra onde.


Fonte: 24 Horas