• ROGÉRIO FATHIN

BOCAs ABERTAs querem gratuidade de exames de vista e óculos para crianças de escolas públicas.


O Deputado Federal Boca Aberta apresentou em Brasília e o Deputado Estadual Boca JR em Curitiba (simultaneamente) um projeto que garante atendimento oftalmológico e que disponibiliza óculos para alunos da rede pública de ensino. O projeto de lei visa à implantação da obrigatoriedade nos primeiros dias do ano letivo, de avaliação oftalmológica (exame de vista) para os alunos matriculados na educação infantil, no fundamental e no ensino médio em âmbito nacional, com o intuito de oferecer às crianças condições de avaliação de suas capacidades visuais, considerando que uma série de problemas relacionados ao rendimento escolar, tem relação direta com problemas de visão do aluno, deficiência esta percebida muitas vezes de forma tardia, já que o aluno não manifesta sua dificuldade aos professores e nem mesmo aos pais, tornando difícil a percepção. O deputado salienta no projeto que a deficiência visual interfere não só no processo de aprendizagem, mas também no envolvimento psicossocial e atrapalha o desenvolvimento motor. As causas mais comuns para disfunções visuais em crianças são erros de refração (hipermetropia, astigmatismo e a miopia) estrabismo e ambliopia.

“O diagnóstico precoce desses problemas possibilita sua correção ou controle e garante que o rendimento das crianças e adolescentes em idade escolar não seja comprometido.”

Garante os deputados na justificativa final deste importante projeto.