• Redação Portal Povo

Aluno indígena de RR disputa semifinal da Olimpíada de Língua Portuguesa


Marcel Aleixo da Silva — Foto: Divulgação/Prefeitura de Boa Vista/Andrezza Mariot


Um estudante indígena da etnia wapichana foi classificado para a semifinal da 6ª Olimpíada de Língua Portuguesa. Marcel Aleixo da Silva, da comunidade Serra do Truaru, vai representar Roraima na categoria poema e concorrerá com os finalistas do Norte do Brasil na etapa regional em São Paulo.

Junto com os colegas, o menino, que estuda na 5ª série da Escola Municipal Francisca Gomes da Silva, na zona Rural de Boa Vista, foi convidado a participar do concurso e escrever uma poesia sobre o tema “O lugar onde vivo”. Ele criou então o poema "Serra do Truarú" exaltando as belezas naturais e costumes da comunidade.

“A minha comunidade me inspirou”, disse o menino. (leia o poema na íntegra ao fim da matéria).

Como o poema dele foi selecionado, o estudante e a professora Josane Chagas viajarão em breve para São Paulo onde vão participar de um encontro. Serão três dias de oficinas de formação, palestras e passeios culturais com o objetivo de ampliar o repertório e as habilidades de leitura e escrita dos alunos.



Professora Josane Chagas e a 5ª série da escola municipal Francisca Gomes da Silva — Foto: Prefeitura de Boa Vista/Divulgação/Andrezza Mariot

“Ele me surpreendeu bastante, porque a cada dia chegava com uma versão do poema e eu só aperfeiçoava. Até porque nós professores somos só mediadores desse conhecimento. O aluno é quem cria. Ele é o protagonista de sua própria história e sua realidade”, declarou a professora.

Ao todo, 443 produções de todas as categorias foram selecionadas para as semifinais (regionais) em todo o Brasil. Destes, serão escolhidos 173 finalistas e seus professores para a etapa nacional. Somente 28 serão os grandes vencedores de 2019.

A Olimpíada é uma iniciativa do Ministério da Educação e do Itaú Social, com coordenação técnica do CENPEC, a Olimpíada integra as ações desenvolvidas pelo Programa Escrevendo o Futuro.

Serra do Truarú

Minha terra preferida,

Muito linda de se ver

Nela temos gente querida,

E história pra escrever.

Sobre essa comunidade

Que escolhi para viver,

Tenho muita liberdade

De ver a natureza florescer.

Nosso povo se alimenta

De damurida, farinha e beijú

Usando sua ferramenta

Pra pegar pombo, piranha e pacu

Tudo aqui é sensacional

Não há do que reclamar

Comida tradicional

Para você saborear.

Truarú é nome indígena

Vem da língua Wapichana

Dizem que era cobra grande

Que andava na savana

Pois quem conta essa história

É a dona Mariana.

Se você não acredita,

Então vem aqui ver

Serra do truarú é perfeita

Para receber você.

Tudo aqui é sensacional

Não há do que reclamar

Comida tradicional

Para você saborear.

Truarú é nome indígena

Vem da língua Wapichana

Dizem que era cobra grande

Que andava na savana

Pois quem conta essa história

É a dona Mariana.


Fonte G1